Porto Verão Alegre 2017 começa no dia 7 de janeiro


"O Homem Bruxa", com André Abujamra, é o espetáculo convidado. Foto: Júlia Lanari/Divulgação

A décima oitava edição do Porto Verão Alegre começa dia 7 de janeiro de 2017 e se estende até 19 de fevereiro em oito salas da cidade, incluindo os teatros Renascença e a Sala Álvaro Moreyra da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre. Ao todo, estarão em cena 67 espetáculos, nove a mais que no ano passado, sendo 31 deles estreantes no festival e, destes, oito fazendo sua estréia pública. A realização é da Mezanino Produções liderada por Rogério Beretta e Zé Victor Castiel e Mais Além dirigida por Claudia Dmutti.

Como pré estréia, apenas para convidados, dia 6, no Theatro São Pedro, será encenada Caio do Céu, direção de Luiz Arthur Nunes com Deborah Finocchiaro e Fernando Sessé, montagem da Companhia de Solos&Bem Acompanhados a partir de textos de e sobre Caio Fernando Abreu. A peça, depois, segue em temporada aberta ao público nos dias 7, 8 e 31 de janeiro no mesmo teatro e dias primeiro e dois de fevereiro no Centro Histórico Cultural Santa Casa. Outras estreias são Amor de 4, Comédia Vale Tudo; O que Terá Acontecido a Baby Jane; Pedro Ernesto e Radicci; Sonho de uma Noite de Verão, Um Hippie, um Punk e um Rajneesh, e Um Caso para Terapia.

Entre as novidades, a produção traz a curadoria da atriz e diretora Karen Radde para as peças infantis que serão apresentadas no Teatro Novo DC Navegantes reunidas na Mostra de Teatro Infantil Ronald Radde, que homenageia o dramaturgo e diretor falecido em 2016 e presença constante no evento. Os espetáculos que compõem esta mostra são A Arca de Noé, A Dama e o Vagabundo em Paris, Doralice A Menina Descalça, É Proibido Miar, Para sempre Terra do Nunca e O Hipnotizador de Jacarés.

A realização de 2017 apresenta ainda o espetáculo O Homem Bruxa, de André Abujamra, artista convidado, com apresentação única no dia 10 de janeiro, no São Pedro. Haverá igualmente tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais) estará presente em três espetáculos: nas sessões de 6,7 e 8 de janeiro de Caio do Céu, no Theatro São Pedro; de Danke, 7,8 e 9 de fevereiro, na Sala Álvaro Moreyra; e no infantil É Proibido Miar, nos dias 11 e 12 de fevereiro, no Teatro Novo DC. Os espetáculos Danke e É Proibido Miar terão ainda audiodescrição, para deficientes visuais.

Programação Paralela

Além da apresentação de espetáculos, o Porto Verão Alegre 2017 terá as Segundas Literárias que, nos dias 9 e 16 de janeiro, às 19h30, levarão ao Instituto Ling (Rua João Caetano, 440), os dramaturgos Artur José Pinto e Júlio Conte, cujas obras ganharão leituras dramáticas seguidas de bate-papo. O cinema será representado pelo Cinseg, com exibição de filmes do diretor Paulo Nascimento e debate a cargo de psicanalistas nos dias 10 e 17 de janeiro, às 19h30, também no Instituto Ling. As duas obras a serem exibidas são A Oeste do Fim do Mundo, que terá como debatedores Fernanda Dornelles Hoff e Gilberto Perin; e Valsa para Bruno Stein, com o debate de Débora Farinati e Catia Simon.

Já a ação Terças Alegres, em parceira com a Galeria Mamute, realizará três sessões das oficinas de fotografia Afetos em Click voltadas para o público adolescente e terá vagas para portadores de Síndrome de Down. As atividades ocupam os dias 17, 24 e 31 de janeiro, das 16h30 as 19h30, a cargo de Walter Karwatski. Há 12 vagas, que devem ser previamente reservadas pelo e-mail [email protected] Na mesma galeria, no dia 19, às 20h, na atividade Artista e Residência, o artista Antônio Augusto Bueno fala de suas experiências em residências artísticas, e no dia 26, mesmo horário, no Encontro com Artista, Patrícia Francisco aborda o processo de criação e produção das obras na mostra. Para essas duas atividades não é preciso se inscrever previamente e a entrada é por ordem de chegada.

Democratização de acesso

Até o final desta edição do festival, 3900 ingressos serão doados a instituições carentes ou não governamentais e quatro instituições sociais receberão oficinas de teatro que beneficiarão diretamente 100 pessoas de diferentes idades. O oficineiro é João Lima, que, há mais de 20 anos, atua junto às populações em situação de vulnerabilidade social, Idosos, adolescentes, crianças e abrigados.

SERVIÇO:
Teatros:

O Centro Histórico-Cultural Santa Casa (Independência, 75)
Instituto Ling (Rua João Caetano, 440),
Teatro de Arena (Av. Borges de Medeiros, 835)
Teatro da AMRIGS (Av. Ipiranga, 5311)
Teatro Novo DC (Rua Frederico Mentz, 1561)
Teatro Renascença e Sala Álvaro Moreira (Av. Érico Veríssimo, 307)
Theatro São Pedro (Praça Marechal Deodoro SN- Centro Histórico),
Teatro do Sesc (Av. Alberto Bins, 665).

Ingressos:

Começarão a ser vendidos no dia 3 de janeiro e continuam tendo preço promocional:

no teatro:
R$40 inteira
R$32 Clube ZH e Banricompras
R$20 idoso e estudante
R$20 Teatro infantil

antecipado:
R$30 inteira
R$24 Clube ZH e Banricompras
R$20 idoso e estudante
R$20 Teatro infantil

Observações:
Na compra de ingressos antecipados serão aceitos dinheiro e Banricompras – débito.
Nos teatros, apenas dinheiro.
Clube do Assinante ZH e Banricompras: desconto válido para titular e um acompanhante – (2 ingressos por peça). Estudantes devem apresentar documento comprovando relação atual com instituição de ensino, conforme Lei da Meia Entrada. A lei entrou em vigor em 01/12/2015, decreto nº 8.537 de 5 de outubro de 2015, que regulamenta a nova lei da meia-entrada (Lei n° 12.933/2013) e o Estatuto da Juventude (Lei n° 12.852/2013).

Pontos de Venda:

A compra antecipada dos ingressos pode ser feita em dois tradicionais pontos de venda e pela internet e é possível, que ainda sejam confirmados mais pontos de vendas:
– 3º andar do Praia de Belas Shopping, de segunda a sábado, das 10h às 22h, domingos das 13h às 19h
– Casarão Verde – loja 133 – do DC Shopping – de segunda a sexta, das 10h às 19h.
As vendas também acontecem pela Internet, pelo site http://www.portoveraoalegre.myticket.com.br (com cobrança de uma taxa de 20% sobre o valor do ingresso), e com antecedência de 24 horas em relação à data do espetáculo. Para compras pela internet, os únicos descontos que valem são referentes à Lei Federal da Meia Entrada.

Os ingressos também podem ser adquiridos na bilheteria de todos os teatros, no dia em que acontecem os espetáculos, duas horas antes do horário de início, se sobrarem ingressos.

Exceção:

Para os espetáculos apresentados no Theatro São Pedro, os ingressos só serão vendidos no local de forma antecipada (com valor de antecipado até duas horas antes do espetáculo) ou na hora. Eles não estarão à venda nos demais pontos de venda. Os preços e descontos praticados serão os mesmos dos demais espetáculos. Os horários de venda antecipada no Theatro São Pedro são: nos dias de semana, das 13h até as 18h30, ou até o horário de início do espetáculo. Sábados e domingos das 15h até o horário de início do espetáculo. Também é possível comprar esses ingressos pela Internet pelo site www.compreingressos.com.br. Para os dois espetáculos no Instituto Ling será possível comprar os ingressos de forma antecipada, além nos demais pontos de venda, também na bilheteria do local. Lá, a venda acontece de segunda a sexta-feira das 10h30 às 22h; sábados, das 10h30 às 21h; domingos e feriados das 10h30 às 20h.

Publicidade


Deixe um comentário para este conteúdo

O Plantão RS não é responsável pelos comentários publicados pelos usuários