Preso suspeito de participar de ataque a dois bancos em São Sepé

- Atualizado em 29/12/2016 às 17:21
Agência do Sicredi ficou destruída na área de acesso. Foto: Luís Garcia/Jornal do Garcia

Policiais civis prenderam, nesta quinta-feira (29), um homem suspeito de ser um dos líderes da organização criminosa que atacou dois bancos em São Sepé, na região Central, no sábado (24). A ação do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais) ocorreu com apoio das delegacias de polícia regionais de Santa Cruz do Sul e de Santa Maria.

Na ocasião, duas agências bancárias do município de São Sepé, foram alvos de roubo quando cinco homens utilizaram explosivos para detonar os caixas eletrônicos e o cofre de um dos bancos. Os indivíduos renderam, com armas de fogo, algumas pessoas que estavam passando pelo local e efeturam disparos contra veículos e imóveis próximos.

Na ocasião, dois reféns foram levados durante a fuga, sendo liberadas em um posto de combustível, na cidade de Caçapava do Sul. Um policial militar e um homem que estavam no local dos fatos foram atingidos com os disparos de armas.

A prisão de hoje cumpriu duas prisões temporárias e dois mandados de busca e de apreensão. Um indivíduo considerado um dos líderes, de 49 anos, foi preso na cidade de Vera Cruz, no Vale do Rio Pardo. O preso já foi investigado pelo envolvimento em diversos crimes, tendo sido preso em 13 de março de 2015, na posse de arma de fogo, material explosivo e dinheiro.

O segundo líder segue foragido desde março de 2012. Ambos possuem diversos antecedentes policiais, por delitos relacionados à instituições bancárias, sendo de extrema periculosidade, conforme a Polícia Civil. Qualquer informação sobre o paradeiro dos assaltantes pode ser repassada à polícia nos números 181 ou 197, e pelo WhatsApp e Telegram (51) 9 8418-7814.

 

Deixe um comentário