Desmanche é interditado e homem é preso durante operação em Porto Alegre


Com a ação desta terça-feira, já são 44 desmanches fechados e 37 pessoas presas. Foto: Rodrigo Ziebell/SSP

Um estabelecimento foi interditado durante a 27ª edição da Operação Desmanche, que aconteceu nesta terça-feira (10), em Porto Alegre. O local já havia sido vistoriado, mas a investigação percebeu o acúmulo de veículos e retornou. Um pessoa foi detida e encaminhada pelo Deic (Departamento Estadual de Investigação Criminal), por crime ambiental e desobediência.

Desde o início da Operação Desmanche, em fevereiro de 2016, foram apreendidos e triturados mais de duas mil toneladas de sucata. Com a ação desta terça-feira, já são 44 desmanches fechados e 37 pessoas presas. O operação fez vistorias em mais doze municípios, além de Porto Alegre. São eles: Gravataí, Viamão, Sapucaia do Sul, Canoas, Novo Hamburgo, Montenegro, São Sebastião do Caí, Alvorada, Estrela, Parobé, Esteio e Caxias do Sul.

Lei dos Desmanches

A Lei dos Desmanches, lei federal 12.977, entrou em vigor em 20 de agosto de 2015, com o objetivo de combater a recepção de veículos roubados. Desde então, somente podem atuar no comércio de peças usadas empresas registradas no Detran. Essas empresas devem seguir uma série de requisitos e incluir cada uma das peças à venda no sistema informatizado, vinculando-as à nota fiscal e à placa do veículo de origem. O Rio Grande do Sul possui hoje 212 empresas de desmanches registradas.

Publicidade


Deixe um comentário para este conteúdo

O Plantão RS não é responsável pelos comentários publicados pelos usuários