Queda de avião de carga turco deixa 37 mortos no Quirguistão


Destroços de avião de carga turco após acidente próximo ao aeroporto de Manas, no Quirguistão. Foto: REUTERS/Vladimir Pirogov

Um avião de carga turco caiu nesta segunda-feira (16) próximo ao aeroporto de Manas, no Quirguistão, matando 37 pessoas, na maioria moradores de um vilarejo. As casas foram atingidas pelo Boeing 747, que tentava aterrissar sob forte neblina.

De acordo com a administração do aeroporto, o avião faria uma escala em Manas, perto da capital Bishkek, na rota de Hong Kong (Região Administrativa Especial da China) para Istambul (Turquia). A aeronave caiu ao tentar aterrissar em condições ruins de visibilidade por volta das 7h31 (horário local), ainda madrugada no Brasil.

O avião avançou no solo por algumas centenas de metros pelo vilarejo, se reduzindo a pedaços e danificando cerca de 15 edificações. Autoridades identificaram inicialmente o Boeing 747-400 como pertencente à Turkish Airlines, mas a operadora de carga turca ACT Airlines disse ser proprietária da aeronave.

“Nosso avião assinado TC-MCL, voando em 16 de janeiro de Hong Kong para Bishkek, caiu ao aterrissar em Bishkek no final da pista por uma razão desconhecida”, informou a ACT Airlines em comunicado enviado por e-mail. “Mais informações serão divulgadas a respeito de nossa equipe de quatro pessoas quando tivermos informações claras”.

Publicidade


Deixe um comentário para este conteúdo

O Plantão RS não é responsável pelos comentários publicados pelos usuários