Abatedouro é interditado e duas pessoas são presas em Lavras do Sul, no Centro do RS

Um abatedouro ilegal de animais foi interditado e duas pessoas foram presas pelo crime na manhã desta quarta-feira (5) em Lavras do Sul, na Região Central do Estado. A ação ocorreu durante fiscalização dos agentes da força-tarefa do Programa Segurança Alimentar do Ministério Público.

Acusados de abate ilegal de animais, o proprietário do Frigorífico Costa, Leonardo Krieger Remedi, e a veterinária do município de Lavras do Sul, Wanda Berenice Munhoz Martins, foram presos em flagrante e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

No abatedouro interditado, carcaças de animais foram encontradas com marcas de marretadas nas cabeças. Ainda, segundo o Ministério Público, um carimbo de inspeção da veterinária foi encontrado no abatedouro sem a médica estar presente.

Os agentes da força-tarefa ainda inspecionaram três estabelecimentos comerciais na cidade. Aproximadamente 6,2 toneladas de alimentos foram apreendidas e inutilizadas. Também passaram pela inspeção o Açougue & Mercearia Costa, o Açougue e Mercearia Querência e a Mercearia Bitencourt.

Participaram da operação o Gaeco – Segurança Alimentar (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), Promotoria de Justiça de São Sepé, Vigilância Sanitária Estadual, Vigilância Sanitária Municipal e Seapi (Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação).

Publicidade