Preso suspeito de matar tenente da reserva da BM em assalto na Serra gaúcha

Marcelo Dallo, apontado como autor de latrocínio, foi preso ontem. Foto: Brigada Militar/Divulgação

Está preso um dos criminosos que mataram um tenente da reserva da Brigada Militar após um assalto em Caxias do Sul, na Serra gaúcha. Vilmar Dias Moreira, 50 anos, chegava em casa na rua Vitória Régia quando foi abordado por dois criminosos. O crime ocorreu no dia 22 de março.

O detido é Marcello Dallo, 26 anos, que estava com mandado de prisão temporária, expedido pela justiça. A investigação da Defrec (Delegacia de Furtos e Roubos e Capturas) da Polícia Civil apontou ele como um dos responsáveis pelo latrocínio

O suspeito que já possui passagens pela polícia e foi preso ontem à tarde próximo da BR-116, em Caxias. Ele estava em liberdade provisória foi encaminhado a delegacia e colocado a disposição da justiça.

No dia do crime, o tenente da reserva Vilmar Dias Moreira, 50 anos, chegava em casa na Rua Vitória Régia quando foi abordado por dois criminosos. Os bandidos revistaram ele e a esposa e, com a pistola do brigadiano, atiraram três vezes contra o policial, mesmo sem ele reagir.

A dupla roubou o carro do PM, um Renault Sandero. O carro foi localizado incendiado na avenida Maurício Sirotski Sobrinho, não muito distante do local do assalto. O tenente morava em Porto Alegre e havia se mudado para Caxias do Sul há poucos dias.

Publicidade
Compartilhe