Justiça nega ação do PSol e passagem de ônibus de Porto Alegre fica em R$ 4,05


Foto: Marcela Barbosa/PMPA (Arquivo)

As passagens de ônibus de Porto Alegre seguirão custando R$ 4,05 após a decisão da juíza Cristina Luisa Marquesan da Silva, da 1ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central de Porto Alegre. O despacho da magistrada é desta quarta-feira (19) e também manterá o preço das lotações em R$ 6,00.

A ação solicitando a suspensão do reajuste foi proposta no dia 3 de maio por integrantes do PSol (Partido Socialismo e Liberdade). Segundo Alexsander Fraga da Silva, Roberto Robaina, Pedro Ruas, Fernanda Melchionna e Luciana Genro, autores do pedido, o reajuste fora feito acima da inflação.

Segundo a decisão da juíza, no entanto, o cálculo da passagem do transporte público está estabelecido por legislação municipal. “Desse modo, não há como ser vinculado o preço da tarifa atualizada com o preço da passagem anterior. Há necessidade de se verificar os custos constantes das planilhas de cálculos que envolvem a questão global dos gastos”, afirmou a magistrada.



Deixe um comentário para este conteúdo

O Plantão RS não é responsável pelos comentários publicados pelos usuários