Brigada Militar aumenta efetivo em 30% por 44 horas entre sexta e sábado

Medida será realizada em alusão a Tiradentes, considerado patrono das polícias brasileiras. Mais de 10 mil policiais estarão de serviço.

Formatura da Operação Avante Tiradentes. Foto: Rodrigo Ziebell / SSP

Mais de 10 mil brigadianos estarão mobilizados em uma ofensiva contra a criminalidade que ocorre simultaneamente em todo o território nacional. A Operação Avante – Tiradentes homenageia o Dia do Policial, comemorado nesta sexta-feira (21).

A ofensiva acontece nos 16 comandos regionais da Brigada Militar, focando na redução de crimes em regiões com maior incidência de latrocínios, homicídios, roubos a veículo, roubos a pedestre e roubos a transporte público. O reforço de policiamento nas ruas está previsto para ocorrer em todas as regiões do Estado.

A ação reúne policiais e bombeiros militares de todos os estados e se estende por 24 horas, entre as 14h de quinta-feira e as 14h de sexta-feira nacionalmente. No Rio Grande do Sul, no entanto, a operação ocorrerá até o sábado (22), perdurando por 44 horas ininterruptas. A força-tarefa nacional, somando mais de 600 mil homens e mulheres, tem o objetivo de garantir a ordem pública no feriadão.

Para o comandante-geral da BM, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, o reforço de policiamento amplia o esforço rotineiro dos brigadianos. “Serão 44 horas de atuação para mostrar nosso alto grau de patriotismo, desprendimento e compromisso público. Além da rotina, do cotidiano, das operações normais de prevenção, vamos reunir o máximo de efetivo, trazendo policiais da administração e das escolas para um movimento diferente”, afirmou.

Na avaliação de Dal’Lago, a operação destaca o compromisso da corporação em preservar a segurança pública. “Com essa operação, vamos mostrar a unidade das polícias militares do país em apoio às pessoas de bem. Queremos potencializar o policiamento, dar percepção de segurança e fazer com que o delinquente tenha medo de cometer delitos”, enfatizou.

Publicidade