Indígenas são suspeitos de furtarem e incendiarem ambulância de prefeitura no Noroeste do RS


Ambulância foi completamente destruída pelas chamas. Foto: Rádio Planeta FM – 102.7/Reprodução

Dois indígenas são suspeitos de furtarem e incendiarem uma ambulância e um veículo utilitário da Prefeitura Municipal de Miraguaí, no último sábado (22). O pequeno município da região Noroeste do RS está sem ambulâncias desde o crime.

De acordo com o relato de lideranças indígenas à Polícia Civil, os dois índios suspeitos são menores de idades. A dupla de adolescentes ainda não foi encontrada pelos policiais, que têm como dificuldade a grande extensão da área indígena da cidade.

A PC já solicitou uma perícia nos dois veículos incendiados para tentar identificar digitais dos indígenas. A ambulância e uma Fiat Dobló foram furtadas em uma lavagem de veículos, onde haviam sido deixadas na sexta-feira (26), e encontradas incendiadas em uma área indígena caingangue, no limite entre os municípios de Tenente Portela e Redentora.

Um micro-ônibus também foi levado pelos criminosos. Conforme o secretário da Saúde de Miraguaí, os veículos haviam sido deixados em um estabelecimento no Centro do município para limpeza e manutenção durante o feriado. No entanto, foram vistos por moradores circulando pela cidade durante a madrugada de sábado.

A ambulância queimada era a única a atender o município de 4,8 mil habitantes. Miraguaí agora depende de prefeituras da região, que emprestam seus veículos em caso de emergência. A segunda ambulância da secretaria está estragada e depende de licitação para receber manutenção e ser consertada. Já o transporte de pacientes em tratamento em cidades mais distantes, como Passo Fundo e Porto Alegre, está sendo feito em três veículos de passeio da Secretaria Municipal da Saúde, mas com dificuldades.



Deixe um comentário para este conteúdo

O Plantão RS não é responsável pelos comentários publicados pelos usuários