Quadrilha ataca duas agências bancárias com explosivos no Vale do Caí


Agência bancária do Banrisul atacada em Maratá. Foto: Claudio M. F. Gomes/Especial/Grupo Sinos

Uma quadrilha explodiu duas agências bancárias em cidades diferentes do Vale do Caí na madrugada desta segunda-feira (10). Os crimes ocorreram em Maratá e em Barão, com um intervalo de apenas 40 minutos.

Conforme a polícia, o primeiro crime ocorreu por volta de 1h30 no Banrisul de Maratá e teve a participação de ao menos cinco bandidos. Eles usaram explosivos para violar os cofres dos terminais eletrônicos.

Os assaltantes fugiram em dois carros sem fazer reféns. Miguelitos foram espalhados nas ruas próximas ao banco para impedir a aproximação da Brigada Militar. Há suspeita que os assaltantes tenham levado dinheiro do banco.

Cerca de 40 minutos depois, uma unidade do Sicredi de Barão, que fica a 32 quilômetros de distância de Maratá, foi atacada. O crime ocorreu por volta das 2h. Segundo a polícia, o modus operandi foi o mesmo: explosão de caixas eletrônicos.

Há suspeita de os dois crimes tenham sido realizados pelos mesmos bandidos. Não se sabe se dinheiro foi levado pelos bandidos. Moradores viram dois carros próximos ao Sicredi no momento do crime. Até o momento, ninguém foi preso.

Para compartilhar, use o link ao lado ou os botões abaixo: http://plantao.rs/MuM8L

Deixe um comentário para este conteúdo