Homem é executado a tiros durante desentendimento em Santa Cruz do Sul


Um homem foi executado a tiros na noite de sexta-feira (21) em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo. O assassinato ocorreu em um bar no bairro Santa Vitória, durante um desentendimento entre a vítima e um homem que tentava vender celulares roubados.

A vítima fatal foi identificada como Adolar Valentim dos Santos, de 44 anos, conhecido como “Lali Santos”, líder comunitário. De acordo com a Brigada Militar, Santos foi morto com um disparo de arma de fogo durante uma discussão com outro homem. A vítima, proprietária do bar, chegou a ser socorrida por familiares, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Testemunhas relataram que o responsável pelo disparo chegou ao estabelecimento oferecendo celulares roubados, quando Lali reconheceu um dos aparelhos como sendo o de sua irmã e discutiu com o acusado, que efetuou o tiro.

O autor do homicídio, de 40 anos, foi preso em flagrante pela Brigada Militar e encaminhado ao Presídio Regional de Santa Cruz do Sul. O homem assumiu a autoria do crime e ainda confirmou ser o autor de outros roubos na cidade, já que estava na posse de celulares roubados. A arma utilizada no crime foi apreendida.

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.