Menina de cinco anos morre após ser atingida por bala perdida em Pelotas

Kemily Vitória Rosa Farias, de cinco anos. Foto: Reprodução

A insegurança pública fez uma nova vítima em Pelotas, na região Sul do Estado. Uma menina de apenas cinco anos de idade morreu vítima de uma bala perdida enquanto brincava no pátio de casa na tarde desta segunda-feira (24).

Conforme a polícia, Kemily Vitória Rosa Farias estava brincando com os irmãos no pátio da residência onde vivia com os pais, no loteamento Barão de Mauá, na zona Sul da cidade, quando, por volta das 16h30, criminosos começaram um tiroteio perto do local e invadiram o pátio da casa.

Kemily acabou sendo atingida no peito por um disparo de arma de fogo. A criança foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), porém morreu durante atendimento no PSP (Pronto-Socorro de Pelotas).

Suspeitos presos

Horas depois do tiroteio, policiais militares do POE (Pelotão de Operações Especiais) da Brigada Militar prenderam dois acusados de terem participado da troca de tiros. Os detidos são um homem de 21 anos, que seria rival do outro preso, membro de uma facção e de apenas 13 anos.

Conforme a polícia, o bandido menor de idade deveria estar recluso de liberdade desde abril deste ano, por assalto à mão armada. No entanto, ao invés disso, é apontado como o autor do tiro que matou Kemily. O criminoso negou ter feito os disparos.

Com o indivíduo, que possui tatuagens pelo corpo com o símbolo da facção a que pertence, estavam munições calibre.38, porções de maconha e uma balança de precisão. O confronto, ainda segundo a Brigada Militar, foi motivado por um acerto de contas com um adolescente de 16 anos ocorrido há poucos dias.

Deixe um comentário para este conteúdo