Em Taquara, ação conjunta apreende 27 quilos de cocaína na RS-239

Droga estava sendo transportada do Paraná para o Estado. Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma ação conjunta entre a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a Polícia Civil gaúcha apreendeu 27 quilos de cocaína na madrugada desta quarta-feira (26). A droga, considerada pura, estava escondida em dois carros que trafegavam pela RS-239, em Taquara, no Vale do Paranhana.

Conforme a delegada Raquel Peixoto, o carregamento da droga foi descoberto após uma denúncia anônima. Policiais rodoviários federais e civis posicionaram-se em diversos pontos da rodovia monitorando os veículos suspeitos.

A cocaína estava em duas caminhonetes com placas do Estado do Paraná. Os veículos estavam com a droga escondida no interior da lataria. “Em um dos pontos o veículo ‘batedor’ que fazia a ‘segurança’ da droga foi abordado. Já no segundo ponto foi possível abordar a caminhonete que carregava a cocaína”, conta a delegada Raquel Peixoto, da DPHPP (Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa) de Novo Hamburgo.

Quase 27 quilos de cocaína puríssima, do tipo “escama de peixe”, foram apreendidos. Esta é a maior apreensão da droga realizada pela Polícia Civil no corrente ano. Na ação, um gaúcho de 52 anos e um paranaense de 34 anos foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Conforme a delegada Raquel, este último último estava foragido do sistema prisional do Paraná, possuindo condenação pelos crimes de roubo, formação de quadrilha e homicídio. Foram apreendidos dois veículos e inicialmente 13,9 quilos de cocaína puríssima.

Em continuidade às diligências, foram encontrados mais 13,03 quilos da mesma droga, totalizando 26,93 quilos a apreensão. “Este tipo de cocaína possui alto grau de pureza, podendo render até quase 200 quilos no mercado e atingir valores superiores a R$ 2 mihões”, acrescentou a delegada.

Deixe um comentário para este conteúdo