Em menos de 12 horas, dois homens são executados na Serra gaúcha


A violência, já corriqueira em Porto Alegre e região metropolitana, subiu à Serra gaúcha neste feriado prolongado de Independência. Em apenas 12 horas, dois homens foram executados a tiros em cidades da região entre a noite de sábado e a madrugada de domingo.

O primeiro homicídio ocorreu por volta das 21h30 na Vila Ipê, zona norte de Caxias do Sul. Dois criminosos em um carro passaram atirando pela rua avenida Antônio Andrighetti. Um homem foi baleado e foi encaminhado ao Postão 24 horas.

No entanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Não há suspeitos para o crime até o momento.

Já na madrugada deste sábado, Mateus Alves, 23 anos, foi morto com um tiro na cabeça na rua Ari da Silva, no bairro Eucaliptos, em Bento Gonçalves. No local, os policiais encontraram uma cápsula de pistola .40.

O corpo foi encaminhado para o DML (Departamento Médico Legal) para necropsia. Este foi o 18º homicídio do ano registrado em Bento Gonçalves.

Identificação de vítima carbonizada em julho

A vítima de um crime brutal há dois meses foi identificada após exame de DNA. Evandro Cristóvão Silva Paz, 26 anos, foi morto com um tiro, teve as mãos e pés amarrados e teve o corpo carbonizado. Ainda não se sabe o que motivou o assassinato.

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.