Prefeitura de Charrua cancela aulas em três escolas por receio de confronto entre indígenas

A Prefeitura Municipal de Charrua, na região Norte do Estado, decidiu suspender as aulas de três estabelecimentos da rede municipal de ensino por tempo indeterminado. Segundo a administração municipal há receio do confronto entre indígenas.

Conforme a nota divulgada pela Prefeitura, há sensação de insegurança por causa das tensões entre os índios. São afetadas as aulas ministradas nas escolas Osvaldo Cruz, Carmelina Baseggio e Dentinho de Leite.

No dia 12 de setembro, a Polícia Federal fez uma operação para tentar conter os conflitos na Reserva do Ligeiro. Nove mandados de prisão foram cumpridos, mas o confronto entre grupos rivais – que já causou a saída de 400 índios de dentro da reserva – não cessaram.

Durante os conflitos, que iniciaram em agosto após a Funai (Fundação Nacional do Índio) doar um trator para a comunidade indígena, carros e casas foram queimados na reserva. Também há relatos de confrontos armados.

Nota oficial da Prefeitura de Charrua

Para garantir a segurança da comunidade escolar, novamente a Prefeitura Municipal de Charrua informa que as aulas na Rede Municipal de Ensino das Escolas Osvaldo Cruz, Carmelina Baseggio e Dentinho de Leite estão suspensas por tempo indeterminado, a partir de amanhã, segunda-feira, dia 18 de setembro.

A medida foi tomada neste domingo (17), diante do agravamento das tensões entre os indígenas e a situação de insegurança que o município se encontra.

Deixe um comentário para este conteúdo