Acusado de matar sargento do Comando Rodoviário é preso após roubo no Noroeste do Estado

Criminoso foi preso após perseguição policial. Foto: Brigada Militar/ CRPO Missões / Divulgação

O criminoso acusado de matar um policial rodoviário no dia 21 de agosto deste ano foi preso após um novo roubo. Segundo o CRPO (Comando Regional de Policiamento Ostensivo) das Missões, Leomar Rempel, 34 anos rendeu funcionários e assaltou a unidade da Emater de Bozano, naquela região do Estado.

O crime ocorreu por volta das 8h da manhã desta terça-feira (19). As vítimas foram surpreendidas pelo acusado que entrou sem máscara no escritório da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural. Ao ser percebido, ele colocou o capuz e, de posse de uma arma, ordenou que os funcionários fossem para um banheiro. Eles foram trancados no local, enquanto o assaltante roubava a quantia de R$ 1.108,90 do escritório.

A Brigada Militar foi informada do crime pouco tempo depois que o bandido deixou a Emater. Rempel foi localizado, logo em seguida, embrenhando-se em uma área de mata. Na abordagem, o criminoso ainda reagiu e entrou em luta corporal com um PM, mas acabou imobilizado e preso.

Foragido da justiça e com prisão preventiva decretada, o bandido estava estava armado com uma pistola calibre .380 com a numeração raspada e municiada. Outras 64 munições do mesmo calibre, outras 6 de calibre 32 também foram apreendidas.

Um celular, um colete, duas máscaras, dois rolos de fita adesiva – possivelmente para amordaçar futuras vítimas – uma chave de fenda grande, 9 lacres plásticos e o dinheiro roubado estavam em sua posse. Rempel foi preso e apresentado na DPPA de Ijuí, onde foi autuado em flagrante por crime de assalto a mão armada.

Morte de policial rodoviário na lista de crimes

Rempel é apontado pela Brigada Militar e Polícia Civil como o autor do disparo de arma de fogo que matou o policial rodoviário Naurio Adão Garcia Viana, 41 anos, no dia 21 de agosto. O caso ocorreu durante uma perseguição a um carro roubado em Cruz Alta, na região Norte do Estado.

O bandido era foragido do Presídio Regional de Ijuí desde o dia 23 de julho. Por causa da morte do policial rodoviário, foi um dos criminosos mais caçados pela polícia gaúcha no último mês.

Deixe um comentário para este conteúdo