No primeiro dia de greve, municipários fazem caminhadas em protesto a parcelamento

Foto: Mariana Pires / Simpa

Servidores municipais da Prefeitura de Porto Alegre fizeram caminhadas em protesto ao parcelamento de salários da gestão de Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Os municipários decretaram greve até a regularização dos vencimentos.

A concentração dos funcionários públicos começou às 7h da manhã no HPS (Hospital de Pronto Socorro). Às 9h, eles saíram em caminhada até o Paço Municipal. Durante a tarde, os municipários saíram do Centro e foram até a Câmara de Vereadores.

Conforme o SIMPA (Sindicato dos Municipários de Porto Alegre), além de parcelar os salários, Marchezan apresentou um conjunto de projetos de lei à Câmara Municipal. Para a categoria, as medidas “acabam com a carreira do funcionalismo, retiram direitos e abrem caminho para a precarização e a privatização de serviços públicos, como é o caso do Dmae [Departamento Estadual de Água e Esgotos]”.

Deixe um comentário para este conteúdo