Vereadores rejeitam pedido de impeachment de Marchezan

via Câmara de Vereadores de Porto Alegre

Foto: Ricardo Giusti/PMPA

O Plenário da Câmara Municipal de Porto Alegre rejeitou hoje (18) o pedido de impeachment do prefeito Nelson Marchezan Jr. apresentado por dois taxistas. Dos 36 vereadores presentes, 28 votaram pela não admissibilidade do pedido e sete optaram pela admissibilidade.

O pedido apresentado pelos taxistas alegava descumprimento, por parte da Prefeitura, em fiscalizar e aplicar a Lei 12.162, de 2016, que disciplina o transporte de passageiros por meio de aplicativos de celular.

O processo recebeu 35 votos pelo fato de que, regimentalmente, por se tratar de maioria simples, o presidente da Casa não participa desta votação. Os sete votos pela admissibilidade foram dados pelos vereadores das bancadas do PT e PSol.

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.