Arsenal é apreendido em apartamento de universitário em Santa Cruz do Sul

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um universitário foi preso na manhã desta sexta-feira (27) por armazenar várias armas e grande quantidade de munição em seu apartamento em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo. O homem guardava no imóvel fuzis e pistolas de diversos calibres.

O estudante de Engenharia Civil deve ser indiciado por crime hediondo, após a publicação no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira, da lei que tipifica dessa forma o porte ilegal de armas restritas. A legislação entrou em vigor imediatamente.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

De acordo com a Defrec (Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas) da Polícia Civil, essa foi a maior apreensão de armas e munições já realizada na história da corporação. No apartamento, localizado na rua Samuel Pinto Cortez, foram apreendidos 15 fuzis, 21 pistolas, 7,3 mil munições e 201 carregadores de armas.

Para o chefe de Polícia Civil, delegado Emerson Weidt, a ação foi “um grande ataque à organização criminosa que detinha esse armamento.” O policial ainda afirmou que “certamente com isso nós evitamos inúmeras mortes e assaltos aqui no Estado”.

A investigação, que iniciou em 2013, apurou que o universitário trabalhava como guardião do material ilícito. Jerônimo Jardim Lopes, de 26 anos, recebia cerca de R$ 10 mil por mês do tráfico de drogas para guardar o armamento. Ele é estudante da Unisc (Universidade de Santa Cruz do Sul) e membro da facção “Os Manos”, sediada no Vale do Sinos.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

O esconderijo, que era muito movimentado, ficava próximo à Unisc. O local foi estrategicamente escolhido, pois fica perto de uma rodovia, no bairro Avenida, para possibilitar que as armas entrassem e saíssem da região sem passar por dentro da cidade.

As armas apreendidas estão avaliadas em R$ 3 milhões e serviriam para reforçar o domínio da facção “Os Manos”. Os fuzis são de fabricação norte-americana, russa e romena, enquanto as pistolas vêm da Áustria e dos Estados Unidos.

Materiais apreendidos

  • 8 fuzis 556;
  • 7 fuzis 762 (seis AK47 e um Fal);
  • 2 canos de fuzil calibre 762;
  • 20 pistolas Glock calibre 9mm;
  • 1 pistola FNX calibre .45;
  • 12 lunetas (quatro com mira laser);
  • 5.400 munições de fuzil (3.300 para 556 e 2.100 para 762);
  • 1.977 munições de pistola (1.850 para 9mm, 78  para.45 e 49 para .40);
  • 121 carregadores de pistola (119 de 9 mm e 2 de .45);
  • 80 carregadores de fuzil (60 de 762 e 20 de 556).

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.