Polícia Civil resgata vítima de sequestro em mata de Porto Alegre

Um homem de 52 anos foi libertado após passar dois dias nas mãos de bandidos em Porto Alegre. A vítima, conforme a Polícia Civil, estava em um matagal do Morro Santana, próximo à divisa da Capital com o município de Viamão.

A ação, que ocorreu na manhã de sábado, contou com apoio da Divisão de Apoio Aérea da corporação. Segundo o delegado Volnei Fagundes Marcelo, diretor da 1ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, o homem havia sido sequestrado por integrantes de uma facção criminosa.

Ele estava amarrado em uma árvore e estava sendo torturado. Conforme o delegado, os planos do bandidos era matar a vítima ainda no sábado.  “O local seria nas proximidades do beco dos Marianos, divisa de Viamão com Porto Alegre. Na ação, as equipes localizaram e resgataram o sequestrado, o qual estava muito debilitado e com várias lesões pelo corpo, sendo encaminhado ao hospital pelo SAMU”.

O resgate do homem foi possível graças à investigação de policiais da 1ª e 2ª DP’s (delegacias de polícia) de Viamão. Eles buscavam informações sobre o sequestro de dois jovens, quando receberam dados sobre o paradeiro do homem resgatado.

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.