Temporais provocam estragos em várias cidades gaúchas neste domingo

Instabilidade avançando por Ibirapuitã, na região Norte do Estado. Foto: Franciele Moreira via Conexão Geoclima

Várias cidades gaúchas registram transtornos causados pelos temporais que avançam sobre o Rio Grande do Sul neste domingo (1º). As tempestades causaram queda de árvores e, ao menos, centenas de destelhamentos em cidades da metade Oeste, Noroeste e Norte do Estado.

As tempestades atingiram primeiro as cidades de fronteira com a Argentina. Em Uruguaiana, a Rádio Charrua, reportou que choveu 50mm na cidade. O Aeroporto Rubem Berta registrou rajadas de vento de até 83 km/h.

Durante a tarde, a chuva veio acompanhada com vento em cidades do Noroeste. Em Santo Ângelo, a Rádio Cidade SA informa a queda de árvores, o destelhamento de casas e prédios e queda no fornecimento de energia elétrica.

Conforme a rádio, ventos de 107,6km/h foram reportados em São Borja, na Fronteira Oeste, na tarde deste domingo (1º). Também há registros de destelhamentos, árvores arrancadas, postes derrubados e de granizo.

Já em Panambi, conforme o portal Panambi News, há registro de inúmeros destelhamentos na cidade. Cerca de 20 famílias retiraram lonas no quartel do Corpo de Bombeiros do município. A corporação está fazendo uma lista de espera.

Leia mais:
Temporal deixa ao menos 150 mil clientes sem luz no Rio Grande do Sul
DMAE adverte para possibilidade de falta de água em bairros da Capital
Temporal atinge Porto Alegre com chuva intensa, vento e granizo
Telhado do Ginásio da Brigada Militar é arrancado pelo temporal em Porto Alegre

Em São Sepé, na região Central, a água invadiu algumas casas e terrenos na Rua Luiz Michelin. Conforme o portal O Sepeense, há relatos de queda de granizo na cidade nas localidades de Terceiro Distrito, Cerrito do Ouro e Tupanci.

Na BR-290, em São Sepé, um caminhão colidiu na traseira de outro e há árvores caídas sobre a pista no trecho até São Gabriel. Há registro de quedas de árvores também na BR-158 em Júlio de Castilhos, BR-158 em Itaara, e nos quilômetros 297 e 301 da BR-290, em Caçapava do Sul. Em todos a PRF (Polícia Rodoviária Federal) trabalha para a remoção das árvores da pista.

Em São Valentim, o portal AU Online reporta que há casas destelhadas em São Valetim, na região Norte. Santa Cruz do Sul e Encruzilhada do Sul, na região do Vale do Rio Pardo, também têm registro de quedas de árvores. Nas duas cidades há registro de alagamentos por causa da chuva intensa, segundo o portal GAZ.

A reportagem não possui mais informações sobre ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros em Giruá, Horizontina, Carazinho, São Luiz Gonzaga, Erechim, Lajeado, Não-Me-Toque e Cachoeira do Sul.

Previsão para Porto Alegre

O Sistema CEIC-Metroclima, afirma que a frente fria, que ocasionou os temporais neste domingo pelo Estado, alcança Capital ainda nesta noite. Há previsão de chuva forte e há risco de temporal na cidade em que não se afasta a possibilidade de vendaval.

Deixe um comentário para este conteúdo