Dois bandidos morrem em perseguição policial e acidente no Vale do Sinos

Acidente ocorreu na ERS-239. Foto: Alex Schmidt/ Especial Grupo Sinos

Dois assaltantes morreram após uma perseguição com troca de tiros e acidente na tarde desta segunda-feira (30), em Parobé, no Vale do Sinos. Conforme a Brigada Militar, outros dois criminosos foram presos após o roubo de uma joalheria e ótica na cidade vizinha de Nova Hartz.

O assalto teve início por volta das 15h, quando três bandidos armados entraram no estabelecimento comercial e anunciaram o assalto. Eles fugiram levando vários objetos roubados, inclusive dinheiro. A quadrilha fugiu em um Chevrolet Ônix vermelho, que logo foi abandonado.

Os criminosos, então, embarcaram em um Chevrolet Celta branco. A mulher dirigiu o veículo em direção à ERS-239. A Brigada Militar, informada da fuga, montou uma barreira na rodovia. A motorista não parou e a perseguição continuou por mais alguns quilômetros.

Por volta das 16h, uma nova barreira foi montada, mais adiante, na mesma rodovia, desta vez com viaturas. Foi quando o Celta bateu em uma viatura da BM, em um canteiro, capotou e foi parar no meio de uma rótula.

Houve ainda confronto entre os assaltantes, que tentaram fugir para um matagal, e os policiais militares. Um dos criminosos morreu no local. Ele não foi identificado. Outros dois bandidos, de 19 e 23 anos, foram presos em flagrante de delito. Eles foram encaminhados à Delegacia de Polícia.

A condutora do Celta, de 16 anos, foi socorrida em estado gravíssimo, mas morreu durante atendimento médico. Ela se identificava nas redes sociais como “A bandida”. Para a polícia, fica claro que ela era comparsa dos outros bandidos.

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.