Mostra de Cinema para cegos, autistas, síndrome de down em Porto Alegre e Canoas


Gabriel Motta, professor de Fotografia da Oficina (Foto: Produção Mostra Sonhos Acessíveis)

A coordenação da “Mostra Sonhos Acessíveis – Cinema, Audiodescrição e Impressão 3D” acaba de divulgar a programação completa do evento cultural que acontece simultaneamente em Porto Alegre e Canoas. Idealizada pela produtora cultural Luciana Druzina da Super8Prod, ocorrerá de 11 a 16 de setembro, com a apresentação de longas e curtas-metragens com recursos de audiodescrição e Impressão 3D, com entrada franca.

“A mostra trabalhará com tecnologia e cultura trazendo acessibilidade de forma criativa através de novos dispositivos. A combinação de recursos como a audiodescrição e a prototipagem dos personagens principais dos filmes farão com que pessoas cegas e com baixa visão tenham a plena percepção dos filmes exibidos na sessão, e para as pessoas com síndrome de Down, autismo e transtorno globais de desenvolvimento a experiência perceptiva e tátil através dos personagens impressos e descritiva com narração das ações direcionando a atenção aos detalhes e facilitando o entendimento do filme”, esclarece Luciana Druzina.

Na abertura oficial, no dia 12 de setembro, às 19h, no Cine Santander, será exibido o filme Uma História de Amor e Fúria (2013), de Luiz Bolognesi. E, nesta sessão especial, serão apresentados os dois curtas-metragens produzidos por pessoas cegas e de baixa visão nas “Oficinas de Realização Audiovisual Sonhos Acessíveis”, que aconteceramem agosto em Porto Alegre e Canoas e que também fizeram parte da programação da Mostra.

“As duas oficinas foram realmente um sucesso! Os alunos conseguiram manusear a câmera sem a necessidade de nenhuma adaptação dos equipamentos. Todos se envolveram na produção, na elaboração das ideias, na criação dos roteiros e nas filmagens e atuação. Os conhecimentos foram os mesmos usados por mim em oficinas para pessoas videntes, apenas adaptei o texto da apostila a termos mais específicos. Esta apostila foi disponibilizada aos alunos em Braille e por arquivos de áudio para quem não lê em Braille, tornando o conteúdo totalmente acessível para eles”, destaca Saskia Sá.

Os filmes apresentados na mostra contarão com os recursos de audiodescrição e impressão 3D que auxiliam na compreensão da narrativa. A audiodescrição é uma narração que permite que os espectadores entendam o filme mesmo não podendo visualizar as imagens ou tendo algum tipo de dificuldade de entendimento. Além disso, será uma mostra inovadora, pois o público terá a experiência exata imaginativa de como são os personagens através da visualidade tátil (textura e massa, por exemplo) por meio de um dispositivo de Impressão 3D, isto é, um protótipo do personagem do filme.

“Os personagens prototipados foram elaborados a partir de uma cuidadosa pesquisa de acessibilidade, seu tamanho, formato e material foram planejados exclusivamente para o projeto: densidade do modelo, espessura da parede externa, rugosidade e tipo de material. Com este projeto será possível visualizar a aplicação da impressão 3D como meio de acessibilidade junto a projetos culturais, não só para cinema, mas também para o teatro, artes plásticas, arquitetura, entre outros”, completa Luciana Druzina.

A mostra foi contemplada pelo Edital Pró-Cultura/RS FAC Regional, financiado pelo Fundo de Apoio à Cultura, da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul e conta com apoio da ACERGS – Associação de Cegos do Rio Grande do Sul, ACELB – Associação de Cegos Louis Braille, Lar do Idoso Cego, ADEVIC – Associação dos Deficientes Visuais de Canoas, APAE, Cine Santander Cultural e Sesc Canoas, Fundação de Proteção Especial do Rio Grande do Sul, Hospital Psiquiátrico São Pedro, Onomato e Mil Palavras.

** Sessão fechada e especial para pessoas com transtornos globais de desenvolvimento do Hospital Psiquiátrico São Pedro.

Confira a programação completa da mostra:

11/09/2017 (segunda-feira)
9h30 Tainá – A Origem (2013), de Rosane Svartman. Local: SESC Canoas
13h Sessão fechada especial para o Hospital Psiquiátrico São Pedro.

12/09/2017 (terça-feira)
9h30 Narradores de Javé (2014), de José Dumont. Local: SESC Canoas
19h – ABERTURA OFICIAL – Uma História de Amor e Fúria (2013), de Luiz Bolognesi. Local: Cine Santander

13/09/2017 (quarta-feira)
9h30 Narradores de Javé (2014), de José Dumont. Local: Cine Santander
14h Elis (2016), Hugo Prata. Local: SESC Canoas
19h30 Uma História de Amor e Fúria (2013), de Luiz Bolognesi. Local: SESC Canoas

14/09/2017 (quinta-feira)
9h30 Tainá – A Origem (2013), de Rosane Svartman. Local: Cine Santander
13h Tainá – A Origem (2013), de Rosane Svartman. Local: Cine Santander

15/09/2017 (sexta-feira)
10h Uma História de Amor e Fúria (2013), de Luiz Bolognesi. Local: Cine Santander
13h Elis (2016), Hugo Prata. Local: Cine Santander

16/09/2017 (sábado)
10h Elis (2016), Hugo Prata. Local: Cine Santander

Serviço
Programação completa da Mostra Sonhos Acessíveis
De 11 a 16 de setembro em Porto Alegre e Canoas
SESC Canoas: Av. Guilherme Schell, 5340 – Centro
Cine Santander: Rua 7 de Setembro, 1028 – Centro Histórico
Fundação de Proteção Especial do Rio Grande do Sul: R. Silveiro, 572 – Menino Deus
Hospital Psiquiátrico São Pedro: Av. Bento Gonçalves, 2460 – Partenon

Deixe um comentário para este conteúdo