Grêmio perde em casa para o Cruzeiro e cai para quarto lugar na tabela


O Grêmio não conseguiu fazer uma boa partida jogando na sua casa. Na Arena, o tricolor gaúcho perdeu para o Cruzeiro por 1 a 0, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe gremista caiu para o quarto lugar, com 46 pontos, sendo superado exatamente pelo clube mineiro, que sobe à vice-liderança.

O Grêmio iniciou bem a primeira etapa, mantendo-se no ataque e seguro em sua marcação. Chegou a criar oportunidades e assinalou um gol, com Lucas Barrios, mas anulado por impedimento.

Aos 13 minutos, Fernandinho ficou com a bola na entrada da área e chutou colocado, mas a bola passou perto da trave. Aos 25, Jean Pyerre finalizou de cabeça, após cruzamento de Edílson, mas o goleiro do Cruzeiro fez uma defesa sem dificuldades.

Minutos depois, Barrios recebeu atrás da marcação e completou para as redes. Só que a arbitragem já tinha parado em impedimento, com o atacante gremista um passo à frente dos defensores. Já os mineiros tentaram chegar em contra-ataques. Para o segundo tempo, o Cruzeiro voltou melhor e, com maior posse de bola, ameaçou por diversas vezes o gol de Marcelo Grohe.

Aos 23 minutos da etapa final, o Cruzeiro abriu o placar na Arena. Thiago Neves encontrou Rafael Sóbis livre na área, que chutou no canto de Grohe, 1 a 0. Após o gol do time mineiro, o técnico Renato Gaúcho mexeu na equipe, mas as chances de gols não foram tão objetivas.

No finalzinho da partida, com os jogadores cansados em campo, o Grêmio usou o “chuverinho” como arma, mas sem resultado. “Infelizmente, não conseguimos impor nosso ritmo de jogo. Fizemos pouco para quem joga em casa”, ressaltou Geromel.

“Estamos pecando na armação, sentimos falta do Luan, mas isso não é desculpa”, disse Edílson, ao passar pela zona mista. Grohe também falou sobre a derrota para o Cruzeiro. “Tivemos uma noite infeliz, tentamos e lutamos. Vamos continuar o trabalho e tentar melhorar. Temos que pensar jogo a jogo.”

“Treinamos um pouco de tudo nesses dez dias. Parte física, técnica e movimentação, mas fica difícil sem muitos jogadores”, lamentou Renato. “O objetivo maior no momento [no Brasileiro] é conseguirmos uma vaga na Libertadores”, completou.

No próximo domingo, o Grêmio volta jogar  pelo brasileiro contra o Coritiba, no Couto Pereira.

Grêmio: Marcelo Grohe; Edilson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson e Arthur (Beto da Silva); Jean Pyerre (Patrick), Arroyo (Everton) e Fernandinho; Barrios. Técnico: Renato Gaúcho.

Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Digão, Manoel e Diogo Barbosa; Henrique e Hudson (Lucas Romero); Rafinha, Thiago Neves e Alisson (Rafael Marques); Rafael Sóbis (Élber). Técnico: Sidnei Lobo.

Deixe um comentário para este conteúdo