Inter perde para o Juventude em Caxias do Sul e deixa a liderança


Foto: Ricardo Duarte/ Inter Notícias

A pausa na tabela não fez bem para o Inter. No estádio Alfredo Jaconi, pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o time colorado perdeu para o Juventude por 2 a 1. O resultado negativo fez a equipe cair para a segunda colocação, com 42 pontos, a dois do líder América-MG e cinco à frente do quinto colocado, Paraná.

Antes de começar a partida já dava para imaginar que o jogo na Serra Gaúcha iria ser pegado. O Inter precisava vencer para voltar a ser líder da Série B. O Juventude tinha a obrigação de vencer em casa para não ficar distante do G4.

No primeiro tempo, nos minutos iniciais, a equipe do técnico Guto Ferreira pressionou os donos da casa em seu campo de defesa, porém, não conseguiu criar chances claras de conclusão. O Juventude só conseguiu chegar na frente através dos contra-ataques.

A partir dos 20 minutos o Juventude conseguiu equilibrar a partida, e logo cresceram no jogo. Aos 28, o time da Serra abriu o placar.  Pará cobrou escanteio da esquerda, e Micael subiu livre, pra abrir o placar de cabeça, 1 a 0.

O Inter não se abalou com o gols e teve uma rápida reação. Aos 31 minutos, Gutiérrez apareceu nas costas da zaga do Juventude, dividiu com o goleiro, mas a bola entrou, 1 a 1. Após o gol de empate da equipe colorada, o jogo ficou mais truncado até o apito final do primeiro tempo.

No segundo tempo, principalmente no início, as duas equipes deixaram o jogo movimentado, mostrando que o empate não interessava a ninguém. Mas lá pelos 20 minutos a partida ficou mais truncada, lembrando o final do primeiro tempo.

A substituição do Guto Ferreira, que tirou William Pottker e colocou Nico López, não deu certo. Aos 35 minutos, em um contragolpe o Juventude fez o seu segundo gol. O jogador Natã lançou e Yago, que recebeu entre dois marcadores e tocou no canto, na saída de Danilo Fernandes, 2 a 1.

No finalzinho da partida, o Inter tentou uma blitz, mas sem sucesso. “Perdemos nos detalhes. Mas temos que continuar o trabalho para a próxima partida”, disse Charles após a partida. “A gente sabia que era impossível vencermos todas as partidas. Uma hora a derrota ia chegar. Agora é trabalhar e continuar focado”, completou o jogador.

Na próxima rodada, o time colorado recebe o Figueirense no sábado que vem, no Beira-Rio.

Juventude: Matheus; Vidal, Domingues, Micael e Pará; Fahel, Lucas, Leílson (Yago) e Juninho; Ramon (Natã) e João Paulo (Mateus Santana). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Inter: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus (Ernando), Victor Cuesta e Uendel; Charles; William Pottker (Nico López), Edenilson, Felipe Gutiérrez (Juan) e Eduardo Sasha; Leandro Damião. Técnico: Guto Ferreira.

Deixe um comentário para este conteúdo