Inter corre atrás do Luverdense e conquista um ponto fora de casa

Foto: Ricardo Duarte / Inter Notícias

Mais uma partida frustante do Inter na Série B do Campeonato Brasileiro. No estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT), a equipe do técnico Guto Ferreira teve de correr muito atrás do Luverdense para não sair derrotado, a partida terminou 2 a 2. O resultado tirou do time colorado as chances de acesso matemático na próxima rodada.

Inter e Luverdense fizeram uma partida disputada, com bastante finalizações. Em uma falha da defesa colorada, o time da casa abriu o placar muito cedo, com menos de um minuto de jogo. Após uma jogada de Aderlan pelo lado direito, Alfredo aproveitou para abrir o placar, 1 a 0.

Após o gol, o O Inter tentou reagir e logo deu uma resposta. Aos 2 minutos, D’Alessandro cobrou escanteio e Leandro Damião deu uma forte cabeçada, mas o goleiro Diogo defendeu. Aos 3, por pouco o Luverdense não ampliou o placar. Eduardo Sasha falhou, Alfredo finalizou de dentro da área, mas Uendel se esticou todo e conseguiu colocar a bola para escanteio.

Depois de algumas tentativas e vendo o adversário perder boas oportunidades, o Inter conseguiu empatar. Aos 33 minutos, William Pottker cruzou do lado esquerdo para Damião, livre, de cabeça, empatar a partida, 1 a 1.

Para o segundo tempo, Guto manteve a mesma equipe. O que o técnico colorado não esperava era mais um gol cedo do Luverdense. Sérgio Mota escorou para Marcos Aurélio, de fora da área, mandar no canto de Danilo Fernandes, 2 a 1.

Lá foi o Inter novamente correr atrás do prejuízo e por pouco não toma o terceiro. Aos 5 minutos, Sérgio Mota recebeu livre, mas chutou por cima, para alívio dos colorados. Aos 6, o time colorado voltou a comemorar mais um gol de empate. Damião aproveitou rebote da defesa e, de dentro da área, mandou a bola no cantinho, sem chances para Diogo, 2 a 2.

Após ouvir os gritos da torcida, Guto mexeu na equipe. Mas Nico López, Camilo e Roberson pouco fizeram. Em alguns momentos, o Inter “forçou” para tomar o terceiro gol. Sorte dos colorados que o jogo terminou 2 a 2.

“Acho que conseguimos tirar coisas positivas hoje e todo ponto é importante”, ressaltou Guto durante a coletiva de imprensa. O técnico também falou sobre o gol cedo que sua equipe tomou na partida. “Só toma gols no primeiro minuto quem tá lá dentro, os onze. Eu não tomo. Não é o ideal, mas acontece”, ressaltou.

Na zona mista, Pottker mostrou insatisfação com os últimos resultados. “Nossa equipe tem que melhorar em muitos aspectos”, disse.  “Eu acho que no geral lá na frente não marca, acaba estourando lá atrás, é coletivo”, completou.

Já D’Alessandro preferiu resumir tudo em uma frase: “A gente falou no vestiário e aconteceu outra dentro de campo”. O Inter segue líder, agora com 63 pontos. No próximo sábado, o time colorado recebe o Vila Nova, no estádio Beira-Rio.

Luverdense: Diogo; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Ricardo, Marcos Aurélio (Alaor), Sérgio Mota (Guly), Douglas Baggio; Rafael Ratão (Cléo Silva) e Alfredo. Técnico: Júnior Rocha.

Internacional: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Léo Ortiz, Thales e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson, D’Alessandro (Roberson) e Eduardo Sasha (Camilo); William Pottker e Leandro Damião (Nico López). Técnico: Guto Ferreira.

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.