Quatorze ficam feridos após confronto entre municipários e Guarda Municipal em Porto Alegre

Ao menos quatorze pessoas relataram ter ficado feridas após um confronto entre agentes da Guarda Municipal e municipários em greve no Centro de Porto Alegre. Os servidores públicos bloquearam o prédio administrativo da Prefeitura e, após tentativa de desobstrução, houve o embate físico.

Dois servidores foram encaminhados ao HPS (Hospital de Pronto Socorro). Segundo a Guarda Municipal, quatro agentes ficaram feridos na ação. Os outros oito que se disseram feridos tiveram escoriações e seriam do grupo dos municipários.

Os servidores em greve dizem que a Guarda Municipal chegou a frente da Secretaria da Fazenda de Porto Alegre com agressividade, desferindo golpes de cassetete e usando armas de choque. Alguns servidores reagiram e viraram um contêiner de lixo que fica em frente ao prédio. A Prefeitura diz que os servidores da Guarda é que foram agredidos primeiro.

A confusão teve início às 9h e os ânimos só se acalmaram às 11h, quando o vice-prefeito, Gustavo Paim, e vereadores ser reuniram na Câmara Municipal com o Simpa (Sindicato dos Municipários) para tratar da greve. Ainda não há informações se a reunião teve avanço.

Os servidores do município estão em greve desde o dia 5 de outubro. Eles são contra a remoção da licença-prêmio, entre outros benefícios e um projeto que legalizaria o parcelamento de salários.

Vídeos mostram como foi a confusão

Câmera do ângulo do Simpa logo após o confronto (transmissão ao vivo, via Facebook)

Posted by SIMPA Sindicato dos Municipários de Porto Alegre on Friday, October 20, 2017

Câmera do CEIC instalada no prédio administrativo da Prefeitura

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.