Criminosos usam explosivos para roubar agência bancária em Taquari

Agência da Caixa ficou destruída. Foto: Brigada Militar / Divulgação

Uma quadrilha usou explosivos para violar caixas eletrônicos e roubar dinheiro na madrugada desta sexta-feira (3), em Taquari, no Vale do Taquari. O ataque criminoso ocorreu por volta das 2h30 da manhã na agência da Caixa Econômica Federal da cidade.

Segundo a Brigada Militar, os bandidos, que estavam armados de fuzis e pistolas, fizeram clientes de um bar ao lado do banco como reféns. Ao menos oito pessoas foram obrigadas a fazer um cordão humano ao redor da agência.

Os criminosos realizaram disparos de arma de fogo para o alto para intimidar as vítimas, moradores próximos e impedir uma eventual ação da Brigada Militar. Com a detonação dos explosivos dentro do banco, a sala de autoatendimento, onde ficam os caixas eletrônicos, ficou completamente destruída.

Após o ataque, a quadrilha fugiu em direção à localidade de Rincão São José, que liga a Mariante, em Venâncio Aires, segundo a BM. Todo o efetivo disponível do CRPO-VT (Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Taquari) está mobilizado nas buscas aos criminosos.

Efetivo ostensivo de Taquari, Paverama e Teutônia, além do 2º BOE (Batalhão de Operações Especiais), que já fazia reforço ao policiamento no Vale, fazem barreiras e rondas em buscas dos assaltantes. Até o momento, porém, ninguém foi preso.

Como se trata de empresa pública pertencente à União, as investigações ficarão a cargo da Polícia Federal. O local já foi isolado para a realização de perícia, que deve contar com apoio de técnicos do IGP (Instituto-Geral de Perícias) e da Delegacia de Roubos da Polícia Civil gaúcha.

Este é o quarto ataque a estabelecimento bancário no Rio Grande do Sul em apenas três dias. Na quarta-feira (1°), criminosos assaltaram a cooperativa de crédito Sicredi, em Tio Hugo. Ontem, foi a vez do Banrisul de Cerro Grande do Sul, no Sul do Estado. E hoje, além do ataque ao banco em Taquari, uma agência do Banco do Brasil foi alvo de criminosos em Caxias do Sul.

Deixe um comentário para este conteúdo

O Agora no RS não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários realizados pelos usuários. O veículo pode, a qualquer tempo, moderar, excluir ou banir qualquer conteúdo publicado por estes em qualquer seção do site ou de suas páginas na rede social Facebook.